PUBLICADO EM 24/09/2017 EM Jovem

1 COMENTÁRIO

“O teatro traz a sensibilidade com o mundo e as aulas, os exercícios e os debates que promovemos no programa Jovens Urbanos me deu muito senso crítico e ampliou a minha visão do mundo. Eu desenvolvi mais o meu jeito de ser, consigo me expressar e ter a percepção de mim mesmo. Isso é para a vida”.

O jovem Lucas Barreto Lins, de 18 anos, acredita que esses conhecimentos que adquiriu ao longo do ano de 2016 serão um grande diferencial para ajudá-lo a seguir e conquistar os seus sonhos: ser escritor, fazer uma faculdade de Letras e se tornar professor de Português e Inglês.

Para isso, inclusive, o jovem tem se dedicado muito. Além de participar das atividades no Instituto Pombas Urbanas e colocar o seu projeto “Olhares Divergentes” em ação com os colegas do programa, Lucas participou de cursos de contação de histórias, revisão gramatical e escrita de poemas.

“Ser escritor não é algo distante, é possível. Comecei a escrever mais e mais e o teatro também ajuda muito nisso. Além disso, ele traz essa ideia da importância de se dedicar ao seu sonho”, conta.

Tanto é que o jovem já tem vivenciado a vida de escritor de perto. Lucas promoveu várias atividades nas escolas no bairro para ler aos alunos as poesias do livreto “Remando contra a maré”, que escreveu e produziu sozinho, desde a capa até a impressão.

“Fiz essa atividade em algumas escolas a convite de professores e foi ótimo, pois fomos criados achando que poesia é só coisa antiga, de clássicos. As crianças ficavam chocadas e diziam: ‘Ele é novo, poeta e da Cidade Tiradentes! Eles começaram a me admirar. Eu tento passar para eles que todos podem ser poetas. Foi demais essa experiência”, conta.

O jovem gostou tanto da vivência que já prepara um novo livro de poesias, a ser lançado em 2017. Para conseguir recursos para a publicação, Lucas pretende começar a trabalhar e também preparar algumas atividades, como palestras sobre a importância dos saraus.

Lucas acredita que é essencial todos os jovens apostarem, assim como ele, no que acreditam e querem conquistar em suas vidas. “Eu deixo meu recado aos outros jovens: acredite em você e veja que o que você faz é relevante. Estude mais sobre a área, sobre as pessoas que fazem o que você gostaria de fazer. Veja que é possível. Crie essas referências. E, acima de tudo, acredite em si”.

 

 

 

 

1 COMENTÁRIO

Lucas Lins

02/12/2017 às 02:31

Uma gratidāo enorme ter participado do Jovens Urbanos, seremos plataforma de transformaçāo sempre, projeto que admiro espero seguir contribuinda uma transformaçāo social.

DEIXE SEU COMENTÁRIO