PUBLICADO EM 07/02/2018 EM Projeto

NENHUM COMENTÁRIO

O projeto “Expressões Periféricas” foi criado para instigar a reflexão sobre o preconceito, incentivar e potencializar as produções artísticas da juventude de Cidade Tiradentes. Para isso, os jovens promoveram um sarau no Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes. Declamaram versos, fizeram intervenções artísticas e construíram um varal e uma bandeja de poesias.  

O Projeto Jovem integra o terceiro módulo da 12ª edição do Programa Jovens Urbanos em São Paulo, uma iniciativa da Fundação Itaú Social com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), que acontece em Cidade Tiradentes e São Miguel Paulista, ambos distritos da zona leste de São Paulo. Os outros 2 módulos do programa são, respectivamente, Portfólio e Experimentações. Neste terceiro módulo, os jovens partiram de uma questão em diálogo com a realidade do grupo e de sua comunidade, e a partir dela desenvolveram pesquisas teóricas e visitas de campo para fortalecer a base de cada projeto, lidaram com orçamento e organizaram as atividades necessárias para as apresentações. Para isso, foram acompanhados por educadores e assessores. Todos os grupos passaram por uma banca de avaliação em outubro e se apresentaram na Feira de Projetos que aconteceu na biblioteca Espaço Alana, localizada no distrito Jardim Helena, zona leste.

Projeto

Expressões Periféricas

12ª EDIÇÃO DO JOVENS URBANOS (2016)

Cidade Tiradentes - São Paulo/SP

ONG EXECUTORA

Instituto Pombas Urbanas - CEU Inácio Monteiro

Linguagem

Intervenção urbana e produção cultural

Educador

Emily Meirelles e Luana Gonçalves

Assessor

Claudio Gomes de Souza e Tayla Fernandes

JOVENS PARTICIPANTES

Bruna da Silva Brito, Giovanna Paulo Nogueira, Laura de Souza Santos, Lucas Taipeiro Aquele Toni, Pedro Henrique Pires de Almeida e Willian Roney Rodrigues Silva.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO